Road Warrior, o Mad Max Gringo!

Era uma vez um filme chamado Mad Max, com um atorzinho pouco conhecido e um bando de australiano maluco que falava “marciano”. O sotaque era tão ruim que decidiram redublar o filme para passar aqui nos States, PORÉM, não era dublagem brasileira – que é boa para carambaaaaaaaaa! – e ficou uma porcaria. Logo, o filme ficou no limbo e quase ninguém viu. Beleza, só mais um.

Só que o tal atorzinho – um tal Mel Gibson – começou a ficar famoso e os australiaos malucos resolveram fazer o Mad Max 2, mas NINGUÉM aqui sabia do primeiro, então por que diabos fazer um 2? Por conta disso, resolveram mudar o nome do filme para Road Warrior – afinal, aqui eles podem, né? Se a gente faz isso no Brasil leva porrada de tudo quanto é lado. É por isso que, para muito gringo tapado, existiam apenas dois filmes e eles ignoravam o primeiro, que depois virou Cult e tals com todo o sucesso do Mel Gibson, que tinha só 23 aninhos na época.

Calma, não foi nenhuma fonte misteriosa que me contou. Eu sabia que o nome era outro por causa de público, mas não conhecia os detalhes até ver Leonard Maltin, um dos grandes críticos norte-americanos, contar essa história num dos extras do Blu-Ray de Road Warrior, ou melhor, Mad Max 2. Interessante saber disso.

Sobre 

Fábio M. Barreto roteirista e diretor de cinema e TV. Baseado em Los Angeles, nos Estados Unidos, atuou como criador de conteúdo multimídia, mentor literário e é escritor premiado e com vários bestsellers na Amazon.com.br. Criador do podcast "Gente Que Escreve" e dos cursos "Escreva Sua História" e "C.O.N.T.E. - Curso Online de Técnicas para Escritores".

    Saiba mais sobre mim:
  • facebook
  • googleplus
  • linkedin
  • twitter
  • youtube

7 thoughts on “Road Warrior, o Mad Max Gringo!

  1. Como assim? Aqui no Brasil a gente muda o nome dos filmes o tempo todo.

    Exemplo é o Cloverfield, que no Brasil se chama Cloverfield, Monstro.

    E tem coisas piores, principalmente nos filmes da decada de 80.

  2. Diogo, e me diga quantas pessoas estão felizes com Cloverfield – Monstro. ehhehe

    Agora, falando sério, existe um movimento de crítica muito grande na imprensa para mudanças meio descabidas – como nesse caso. Existia um título em inglês, mas eles mudaram para outra coisa.

    É que uma vez, a Fox se não me engano, mudou o nome de um filme em inglês para outro nome em inglês, no Brasil. O que não fez muito sentido. Agora não lembro o nome pq acabei de acordar. Mas assim que lembrar eu coloco aqui. Tudo que acontece nesse aspecto representa porrada para a distribuidora. Por isso o comentário.

    Se partirmos do só ponto que TODO filme no Brasil tem o nome traduzido/alterado, essa menção seria infundada.

    Abraço

  3. Quando você disse que a dublagem brasileira é boa pra carambaaaaaaaaa, vc estava sendo sarcástico ou não? Essa sua mania de aumentar as palavras para dar ênfase as vezes confunde.

  4. V, sabe que eu gosto da dublagem brasileira? Experimente ver Operação Dragão em inglês… é PAVOROSO! no caso do Mad Max e dos filmes dos anos 80, era ruim (para padrões de “chatos” como eu e vc), mas cumpria a tarefa e era muuuito melhor que os gringos.. é só ver os filmes de Kung Fu.. a dublagem em inglês é HERMES E RENATO TOTAL!

  5. Caro amigo “V”, o MAD MAX que passava no SBT era o 1. Dias atrás, no SBT também andou passando o 3 (Além da Cúpula do Trovão).
    Dentre as emissoras abertas de nosso Brasil varonil, a Globo é quem possui esta mega trilogia e com exclusividade maior do que as próprias locadoras ou mesmo os ripadores de filmes, ela tem o 2 dublado!! Este,por sua vez não se encontra em canto nenhum para ser baixado, apenas legendado. Quanto a sua terceira pergunta amigo eu não consegui entender, portanto quem sabe nossos outros amigos possam ajudá-lo. Adios Amigos!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *