Gente Que Escreve 032 – Heróis e Super-Heróis

O mundo criativo de hoje foi invadido por super-heróis. Porém, nunca podemos esquecer das heroínas e heróis que fazem coisas heróicas sem superpoderes. No fim das contas, ele acabam sendo muito mais parecidos do que você imagina! Fábio M. Barreto e Rob Gordon comentam as semelhanças, elementos básicos e o papel de vários tipos de heróis.

Ouça, comente e compartilhe!

Participe do “Desafio das 3 páginas”:
– Publique um link com 3 páginas (word, corpo 11/12, espaço 1,5) do seu trabalho nos comentários (não cole o texto no corpo do comentário!). Vale Wattpad, blog pessoal, medium, e coisas do tipo (nada de post de Facebook, link de GDrive ou thread de Twitter), ou seja, PUBLIQUE o trabalho!
– Um ouvinte será sorteado para ser lido por mês. Barreto e Gordon vão avaliar seu trabalho durante o programa! Participe!

COLABORE COM O GENTE QUE ESCREVE

Na nossa campanha de Financiamento Coletivo, você pode ajudar o Gente Que Escreve a trocar equipamentos, pagar os custos de hospedagem, investir em equipe, e, acima de tudo, garantir a assiduidade dos programas. O programa vai continuar com distribuição gratuita, então, mesmo que você não possa ajudar financeiramente, colabore divulgando para os amigos e participando da nossa comunidade tanto no Facebook quanto nos comentários dos programas.

Para conhecer a campanha e ver como você pode colaborar, visite a plataforma de sua escolha:
Apoia-se – clique aqui.
Patreon – clique aqui.

APRESENTAÇÃO

Fábio M. Barreto & Rob Gordon

EDIÇÃO

Danilo Battistini

ARTE DA CAPA

Thiago Dalleck

LOGOTIPOS

André Zuil

DESIGN DO SITE

Alexandre Chaves – Fireball

LINKS RECOMENDADOS

Escreva Sua História – curso gratuito e newsletter para escritores
Barreto na Amazon – Horror, FC & F, Suspense e mais!
Rob Gordon na Amazon – Só um, por enquanto!
Terapia – HQ premiada do Rob Gordon
Championship Vinyl – Blog do Rob Gordon.
Championship Chronicles – Blog de Crônicas do Rob Gordon.
Goodreads – Livros do Barreto na comunidade norte-americana.

FEED DO iTUNES

https://itunes.apple.com/us/podcast/gente-que-escreve/id1042737562
Assine, comente e avalie!

FEED PARA OUTRAS PLATAFORMAS

http://feeds.feedburner.com/GenteQueEscreve

SIGA/CURTA AS NOSSAS REDES SOCIAIS

http://www.twitter.com/gentequeescreve
http://www.facebook.com/gentequeescreve
http://instagram.com/soshollywood
https://instagram.com/robgordon_sp
https://www.facebook.com/soshollywood
https://www.facebook.com/robgordonsp
http://twitter.com/fabiombarreto
http://twitter.com/robgordon_sp

SUGESTÕES, CR͍TICAS, DÚVIDAS E ENDEREÇO DO SASQUATCH.

Envie e-mails com “Gente Que Escreve” na linha de Assunto para: gentequeescrevepodcast@gmail.com

Sobre 

Fábio M. Barreto roteirista e diretor de cinema e TV. Baseado em Los Angeles, nos Estados Unidos, atuou como criador de conteúdo multimídia, mentor literário e é escritor premiado e com vários bestsellers na Amazon.com.br. Criador do podcast "Gente Que Escreve" e dos cursos "Escreva Sua História" e "C.O.N.T.E. - Curso Online de Técnicas para Escritores".

    Saiba mais sobre mim:
  • facebook
  • googleplus
  • linkedin
  • twitter
  • youtube

9 comentários sobre “Gente Que Escreve 032 – Heróis e Super-Heróis

  1. Meu conto da semana:
    https://www.wattpad.com/story/106708407-jhonny-tem-que-morrer

    Sobre o episódio:
    Vou levantar o debate: Iron Man é um super-herói ou só herói?
    Quero dizer, eu não considero ele, o Batman e qualquer outro personagem que tem acesso à uma tecnologia muito superior ao universo ao redor como apenas “herói”. Apesar do Batman não ter poderes, ele tem equipamentos que são verdadeiros deus ex machina. Tony Stark pode não ter poderes, mas o Homem de Ferro voa, tem super força, tem rajadas de energia… Dá pra se dizer que isso não é ser “super”?

    “Herói”, no conceito puro e simples, seriam personagens como Tarzan, Zorro, Flash Gordon, e afins…

    Só pra agregar, também, o Pantera Negra tem poderes. Ele tem o “espírito da Pantera”, que lhe dá super habilidades.

  2. A questão do homem aranha ser mutante ou não… ou a questão do furo da Marvel. Não é bem assim, Rob. Porque os herois, ou melhor, os personagens eram criados para terem o seu próprio universo – com o devido cuidado, claro! por exemplo, tem- se um personagem (Thor) e cria a mitologia ao redor dele (Odin, Asgard, os guerreiros etc etc…). E cria-se historias seriadas em cima disso. Alguns personagens surgem, ao se destacar em outras series e ganham publicações próprias e por aí vai. Depois é que eles começaram a se juntar, criar grupos, criar as sagas, mas ainda sim eles continuam existindo em seus proprios universos e com certa independencia (leia-se “temática”). repare que Peter Parker mora em NY. O demolidor tb mora em NY, em Hell´s Kitchen e ainda sim, eles nem se cruzam pelas ruas!! E ainda existe uma questão de autoria / ou direito de publicação… Se o aranha aparecer numa cena, nenhum personagem (vitima) vai acusa-lo com algo do tipo “Suma daqui. Eu já chamei o Demolidor… garoto!”. Não é que, se tudo pertence à Marvel então podemos usar… não é bem assim. no comics, tudo bem, mas no cinema já não (a sony com o homem aranha, fox com o quarteto e eles dificilmente atuam juntos – no cinema!!). Fora que existiria uma banalização da temática… se os x-men lidam com preconceito, o homem aranha, no mesmo universo, sofreria da mesma temática dos x-men: o preconceito. E não é isso. a temática tem que ser diferente. Abordar diversos aspectos sociais. E e por aí vai…

  3. Esse fugiu do tópico 😛 eu tive de colocar as palavras de volta só pra garantir…

    # Enquanto o cobertor amarelo não voa

    John bateu os sapatos e fechou a porta com cuidado para não acordar o pequeno Phillip, que dormia por cima de seu ombro. Desamarrou o cobertor amarelo que servia de capa para o filho. Deitou o menino no sofá. Jogou o cobertor amarelo na máquina de lavar. A esposa nunca teve tempo de explicar como remover manchas de sangue do tecido. (…)

    https://medium.com/@mauriciopiccini/enquanto-o-cobertor-amarelo-não-voa-6360db757fc3

Deixe um comentário