e-book gente que escreve

Gente Que Escreve 031 – E-Books

Não, os e-books não vão destruir os livros. Não, os e-books não são lidos por milhões de pessoas (bom, ainda não). Não, e-book não é o único caminho do sucesso literário. Mas, acredite, eles já fazem parte importante da vida do escritor conforme o formato cresce, novos públicos são apresentados e entrar nas editoras grandes fica cada vez mais difícil.

Para entender a importância do e-book, falar sobre a recente promoção de livros em inglês feita pela Amazon, e também sobre as plataformas disponíveis no mercado brasileiro, Fábio M. Barreto e Rob Gordon compartilham experiências pessoais, informação de mercado e, claro, a perspectiva deles como leitores. O e-book é nosso amigo, mas amigo de verdade é aquele que a gente entende e confia, não é mesmo?

Ouça, comente e compartilhe!

Participe do “Desafio das 3 páginas”:
– Publique um link com 3 páginas (word, corpo 11/12, espaço 1,5) do seu trabalho nos comentários (não cole o texto no corpo do comentário!). Vale Wattpad, blog pessoal, medium, e coisas do tipo (nada de post de Facebook, link de GDrive ou thread de Twitter), ou seja, PUBLIQUE o trabalho!
– Um ouvinte será sorteado para ser lido por mês. Barreto e Gordon vão avaliar seu trabalho durante o programa! Participe!

COLABORE COM O GENTE QUE ESCREVE

Na nossa campanha de Financiamento Coletivo, você pode ajudar o Gente Que Escreve a trocar equipamentos, pagar os custos de hospedagem, investir em equipe, e, acima de tudo, garantir a assiduidade dos programas. O programa vai continuar com distribuição gratuita, então, mesmo que você não possa ajudar financeiramente, colabore divulgando para os amigos e participando da nossa comunidade tanto no Facebook quanto nos comentários dos programas.

Para conhecer a campanha e ver como você pode colaborar, visite a plataforma de sua escolha:
Apoia-se – clique aqui.
Patreon – clique aqui.

 

APRESENTAÇÃO

Fábio M. Barreto & Rob Gordon

EDIÇÃO

Danilo Battistini

ARTE DA CAPA

Johnny Bijos

LOGOTIPOS

André Zuil

DESIGN DO SITE

Alexandre Chaves – Fireball

LINKS RECOMENDADOS

Escreva Sua História – curso gratuito e newsletter para escritores
Barreto na Amazon – Horror, FC & F, Suspense e mais!
Rob Gordon na Amazon – Só um, por enquanto!
Terapia – HQ premiada do Rob Gordon
Championship Vinyl – Blog do Rob Gordon.
Championship Chronicles – Blog de Crônicas do Rob Gordon.
Goodreads – Livros do Barreto na comunidade norte-americana.

FEED DO iTUNES

https://itunes.apple.com/us/podcast/gente-que-escreve/id1042737562
Assine, comente e avalie!

FEED PARA OUTRAS PLATAFORMAS

http://feeds.feedburner.com/GenteQueEscreve

SIGA/CURTA AS NOSSAS REDES SOCIAIS

http://www.twitter.com/gentequeescreve
http://www.facebook.com/gentequeescreve
http://instagram.com/soshollywood
https://instagram.com/robgordon_sp
https://www.facebook.com/soshollywood
https://www.facebook.com/robgordonsp
http://twitter.com/fabiombarreto
http://twitter.com/robgordon_sp

SUGESTÕES, CR͍TICAS, DÚVIDAS E O ENIGMA DA PIRÂMIDE.

Envie e-mails com “Gente Que Escreve” na linha de Assunto para: gentequeescrevepodcast@gmail.com

33 comentários sobre “Gente Que Escreve 031 – E-Books

  1. Fiz questão de vim comentar aqui também. Primeiro quero dizer que esse episódio ficou muito bom cara, e continuem fazendo esses de 2hrs de duração.

    Quero só dar um toque quanto a edição, sei que a ideia nao é editar, e quanto ao formato não tenho nada a reclamar, apenas um detalhe, a sua voz Fábio ta muito mais baixa que a do Rob Gordon (ouvi o ep utilizando fone de ouvido). Então meu conselho é usar pelo menos um nivelador, pois eu tive que varias vezes aumentar e diminuir o volume por conta disso.

    Mas vim frisar um ponto chave tocado nesse episódio: editoras que não estão nem ai para as versões ebooks dos livros delas.

    Hoje se não fosse a Amazon além de fornecer toda a estrutura pra leitura em e-reader também fornecer um suporte maravilhoso de ebooks, não teríamos tantos leitores ‘digitais’ como temos. Pois o interesse das editoras nessa área é minimo, e muitas das edições são porcas e sofríveis. A Amazon leva nas costas o ebook no Brasil.

    Uma das poucas editoras que vejo fazendo um trabalho realmente bom com ebook é a Intrínseca e a Aleph (experiencia própria). Mas veja editoras como LeYa Brasil. A cada 4 ebook que eu pego, apenas um eu não encontro problema. Até mesmo Espadachim de Carvão que é escrito pelo Affonso Solano que TRABALHA NA LEYA, é porcamente editado o Ebook, tendo VÁRIOS PROBLEMAS. E eu comentei isso com o Affonso no twitter, e ele apenas se limitou a dizer que “já repassou o problema pra editora”, isso a anos, e até hoje os problemas se mantém.

    Abraço

    1. Sobre edição: por isso criamos nossa campanha de arrecadação, precisamos de equipamento melhor, meu headset funciona por milagre.

      sobre qualidade de e-books: boa sorte ao “reclamar” com divulgador de marca e/ou gente com rabo preso, nunca vão falar nada, nem assumir erro, muito menos resolver o problema.

      sobre a Amazon: pois é, estão criando o mercado e mantendo o monopólio sobre ele, gostem os críticos ou não. É um caminho sem volta. Ainda bem que é um caminho bom! =D

  2. Segue minha contribuição para o desafio 3 páginas. Aproveitei um texto que já estava escrevendo em outro desafio lançado pelo Fábio dias atrás. Texto praticamente bruto. Critiquem a vontade.

    Inevitabilidade insignificante
    Você acredita em livre arbitrio? Ou que navegamos sem rumo nas ondas do determinismo? Uma história sobre a nossa insignificância perante o Cosmos.

    Conto criado a partir do desafio literário lançado pelo Fábio Barreto em 01/04/2017
    Tema: Formigas

    http://my.w.tt/UiNb/pw7pyGdz4B

  3. Minha participação no desafio da semana:
    https://www.wattpad.com/394011230-como-matar-o-homem-mais-r%C3%A1pido-vivo

    Sobre o episódio:
    O grande problema que vejo é o medo do fator “pirataria” por parte das editoras. Não só das editoras, autores estão já começando com esse medo. Curioso, não? Alias, me lembrou um episódio do South Park em que as crianças montam uma banda, mas ao invés de se preocuparem com tocar elas iniciam um movimento de protesto contra a pirataria sem ao menos ter lançado música alguma (https://www.youtube.com/watch?v=nYvW7qH6mbQ).

    Particularmente, como todo leitor mais velho, eu sou apegado aos livros físicos, mas eles representam uma série de problemas logísticos ao longo dos anos:
    – A demanda de um espaço físico vai se tornando um problema cada vez mais grave.
    – Alguns livros são um peso para se ter nas mochilas – e “todo leitor que se preze não sai de casa sem um livro na bolsa”.
    – Para quem tem hábito de ler no ônibus (meu caso) alguns volumes são extremamente desconfortáveis.
    – Eu gosto de ler antes de dormir. A leitura do ebook permite que eu leia no escuro numa boa.

    O ponto negativo é que, não sei como é aí por onde vocês moram, mas aqui (Espírito Santo) eu raramente tenho coragem de tirar o tablet da bolsa para ler. Quando muito o celular!

    Parabéns pelo episódio e, que bom que vocês vão começar a ler os comentários e e-mails.

    Abraço.

  4. Desafio das 3 páginas: https://www.wattpad.com/394170855-terceiro-monte-cap%C3%ADtulo-i-a-proposta

    Gostei do episódio assim, com duas horas. Que continue vindo mais desses.

    Sobre o tema. Eu vejo que em volta dos meus amigos que leem, o comum é: tem dinheiro para comprar livros físicos ou baixa o pdf.zinho por ai. Particularmente não conheço ninguém que realmente utilize o e-book, mas eu também não moro em nenhuma São Paulo. E costumo a pegar emprestado (como fiz recentemente com Filhos do Fim do Mundo hehe, mas que vou fazer questão de ter um) não ta dando para ter um kindle agora, e 50 conto por um livro de papel também esta fora de questão. Mas agente faz o que pode. Infelizmente perdi essa promoção da amazon, pena porque gosto de ler inglês.

    Mas tenho um problema, preciso ler em português para ter mais referencia e construir aquela famosa base, mas também tenho que ler inglês para fazer o mesmo e começar a escrever os textos tanto pro Brasil quanto para fora. O negócio é, qual eu faço, devo focar para fora onde vou ter mais chances, mas que vai demorar mais, ou ficar com o nosso querido Brasil e só investir no inglês só no futuro?

  5. No programa anterior que havia tratado da possível fusão da Saraiva com a Cultura eu senti que faltou justamente falar do que aconteceria com os e-readers das duas… O que será do Kobo e do Lev? O fato dos dois dispositivos terem sido retirados de destaque dos sites seria uma indicação destas mudanças em ambas as lojas?

    Antigamente eu era daqueles que rejeitavam a ideia de leitura por meios eletrônicos… Mas quando percebi que a leitura em papel não estava rendendo (devo ter chegado ao ponto de não ter lido um livro inteiro num não inteiro) e que quando comecei a usar o celular (primeiro em pdf e depois pelo app Kindle) para ler meu ritmo de leitura aumentou uns 300%!

    Comprar livros físicos atualmente se trata mais do fator “coleção para biblioteca pessoal” do que leitura propriamente dito… Até prefiro comprar uma cópia extra digital para poder ler no e-reader porque sei que vou empurrar com a barriga a leitura através do livro impresso.

  6. Olá Barretão e Robin Gordon! O único filme do Shymalan que eu vi foi Sinais (eu acho, porque não conheço todos) e quando eu vi na época eu achei um filme bom, mas nada espetacular, mas vocês sempre dizem que ele é o filme mais profundo da história da humanidade, e agora eu tô me sentindo muito burro… vou assistir Fragmentado no cinema para diminuir isso…

  7. Olha só, a galera firme nos desafios! Legal!

    Eu emendei 3 desafios. Como só ouvi o episódio passado bem tarde, não deu para participar, então foi junto 🙂
    Estão lá:

    Bala de prata, Saudade e Aquário
    Cabo USB, “quase três horas” e… seria “post it”, mas o Rob falou que aceitaria até “paçoca” com quase três horas de gravação. Então foi paçoca!

    Bônus: – Puta que pariu, Marcelo!

    wattpad:

    https://www.wattpad.com/395021475-um-sentimento-por-vez

    Blog pessoal:

    http://contoumdia.blogspot.com.br/2017/04/um-sentimento-por-vez.html

    O desafio das 3 páginas eu pretendo enviar logo mais!

    Bom ver todos contribuindo!

    Abraços!

  8. Minha contribuição para o desafio 3 paginas. 🙂
    https://medium.com/@eri6ck/marquinhos-era-um-moleque-sagaz-desde-pequeno-subia-e-descia-o-morro-atr%C3%A1s-de-pipa-vivia-com-a-3f146b6df8c6

    E o desafio da semana:
    https://medium.com/@eri6ck/acordou-em-um-corredor-estreito-paredes-brancas-ch%C3%A3o-e-teto-brancos-sem-fim-dos-dois-lados-771185ab293

    Esse programa foi simplesmente um dos mais legais, eu sou a favor pra caray de programas longos, ainda mais com um papo como esse!

  9. Olá!
    Não foi comentado no programa, mas existe um produto da Amazon chamado “kindle unlimited”. Assinando isso, pagamos R$19,90/mês e podemos baixar e-books de um catálogo específico sem pagar mais por isso. São milhões de livros nesse catálogo, incluindo todos do Barreto e o conto do Rob.
    Minha dúvida é se o autor recebe alguma coisa quando o livro é “adquirido” dessa forma. Há um limite de dez livros que eu posso baixar, então, caso queira baixar o 11º, terei que devolver um.

  10. Desafio: post-it, cabo de usb, quase 3 horas… ou o melhor que eu pude fazer 😛

    # Especial Pawn Stars feat. Gente que Escreve

    Um baixinho careca de óculos escuros entra na Gold & Silver procurando por Rick. A princípio, ninguém o atende. O grupo de funcionários prepara roupa e maquiagem para as filmagens que começarão em seguida. Os clientes caminham numa fila pré-estabelecida por dentro da loja de penhores, balcões envidraçados evidenciam bugigangas velhas demais para serem reconhecidas pelos curiosos e caras demais para alguém levar para casa. As câmeras apontam para um canto da loja por onde a fila não passa. O baixinho careca corre para esse canto e interroga um gordo imberbe. (…)

    https://medium.com/@mauriciopiccini/especial-pawn-stars-feat-gente-que-escreve-6e7380a07256

Deixe um comentário