[SOS Cast 7] Censura em LA!

censorship22

Censura e confusão marcaram a divulgação do filme Funny People, semana passada, em Los Angeles; teve incêndio, bate boca e microfone sendo tomado

Em mais um capítulo negativo da história do jornalismo de entretenimento, evento de divulgação (ou junket, como utiliza-se no meio) reafirma o momento tenso em Hollywood: atores irritados e desgastados; e estúdios assustados e exagerados. De briga envolvendo Seth Rogen até censura numa coletiva de imprensa [sofrida por repórter da Folha de S.Paulo], passando por incêndios e ameaças a bomba, o SOS Cast revela os bastidores da divulgação de Funny People, que é engraçado, mas causou mais espanto que risadas depois que o filme terminou.

Também comento a cobertura norte-americana para os 40 Anos do Homem na Lua, faço pequena crítica de Funny People e, como sempre, trago duas canções marcantes do cinema. Confira e entenda melhor como Hollywood realmente funciona quando alguém resolve “sair da linha”.

NOTAS
– Programa gravado na semana passada, antes da Comic-Con.
– O apresentador que recebeu o corpo, mas não a alma, de Joaquin Phoenix foi David Letterman.
– A data de lançamento do SOS Cast passa a ser quinta-feira, a partir dessa edição.

LINK RELEVANTE:
Jornalismo ou Marketing Mascarado? – Artigo ponderando o atual modelo de divulgação, seus problemas e possíveis soluções.

TRILHA SONORA:

Always Look on the Bright Side of Life, do Monthy Python, trilha de O Sentido da Vida.
Space Oddity, de David Bowie, trilha de A Herança de Mr. Deeds.

Duração: 38min

EDIÇÃO E PRODUÇÃO:
Wagner Brito (@wag)

SUGESTÕES, CRÍTICAS, RECEITAS DE BOLO, TEORIAS DA CONSPIRAÇÃO
Envie e-mails para: contato@soshollywood.com.br

NO TWITTER:
@soshollywood

RSS e iTunes
Adicione o feed do SOSCast no seu iTunes ou outro serviço de download.

[display_podcast]

Sobre 

Fábio M. Barreto roteirista e diretor de cinema e TV. Baseado em Los Angeles, nos Estados Unidos, atuou como criador de conteúdo multimídia, mentor literário e é escritor premiado e com vários bestsellers na Amazon.com.br. Criador do podcast "Gente Que Escreve" e dos cursos "Escreva Sua História" e "C.O.N.T.E. - Curso Online de Técnicas para Escritores".

    Saiba mais sobre mim:
  • facebook
  • googleplus
  • linkedin
  • twitter
  • youtube

24 thoughts on “[SOS Cast 7] Censura em LA!

  1. Fábio
    Você precisa se benzer… Quanta má sorte essa semana heim?!
    Muito bom o cast, ri pakas quando você dedicou a musica do Monthy Python para Seth Rogen…
    kkkkkk
    Boa sorte na proxima semana!

  2. Fenomenal esta edição do SOS Cast.

    É super legal discutir sobre cinema e etcs, porem, as vezes é mais legal ainda saber o que acontece durante entrevistas e coberturas.

    Eu acho muito legal o trabalho que você faz Barretão! Espero que continue assim =)

    Abraço!

    1. Obrigado, Marcelo.

      Especialmente por valorizar o que faz do SOS um lugar diferente. =D Não que eu goste de ficar contando desgraça, mas acredita que já ouvi que “no meu mundo tudo é bonito e todo filme é bom?”. hehehe. Problemas acontecem, com todo mundo. Nunca vou me esquecer da entrevista que deu errado com o Billy Bob Thornton. Foi foda e não pensei duas vezes antes de falar em pública que vacilei, errei e tomei uma invertida inesquecível. Vida aqui não é tão simples quando as matérias finais mostram. =D
      hehehe

      Abs,

  3. Ficou bem legal o cast. Bem interessante essas histórias de bastidores. Normalmente vemos as matérias e as entrevistas prontas e nem pensamos em quanto o jornalista teve que ralar.

    E na trilha ainda teve o meu querido Bowie! Aliás, o Bowie é maluco por essas coisas de espaço, né? Tem várias músicas dele com a temática do alienígena, como a própria Space Oddity, além de Starman, Loving The Alien (uma das minhas preferidas), Ashes to Ashes e, na minha opinião a melhor de todas, Life On Mars?.

    Continue com o cast, só recomendo que a trilha de fundo fique um pouco mais baixa. Em determinados momentos, principalmente durante a versão de Eye Of The Tiger (aliás, muito bem encaixada no cast), acabava atrapalhando o entendimento do que você falava.

    Abraços,

    Pablo Cardoso

    1. Pablo, por mim rolava Bowie toda semana. =D
      Já discuti com um amigo especialista em música de escrevermos um livro sobre o lado FC do Bowie. Só Space Oddity já renderia algo gigantesco, mas como você bem comentou, a discografia é repleta. Gosto de Starman, e também da versão nacional do Nenhum de Nós. Tenho dúvidas sobre qual ouvi primeiro, devo confessar. =D

      Sobre a trilha. Sugestão anotada. Você tem razão, já tínhamos abaixado um bocado e da próxima vou ficar com ouvido ligado nisso. Aqui é tudo feito na colaboração de amigos, então não temos muito tempo para dedicar a uma edição mais… digamos, dedicada. Wagner e Rocco dão show de bola e me ajudam imensamente. Dessa vez foi o Wagner, a quem sou muito agradecido. =D

      Sobre o cast: Essa é a proposta do SOS, fazer algo que mais nenhum site pode, ou tem peito, para fazer. Tem um lado ruim, mas enfrentando desafios é que se faz algo realmente útil e diferenciado na internet. Pq site que traduz e fica fazendo repercussão do que os gringos fizeram já tem demais. Pra que mais um? :p

      Abs,
      Fábio

  4. Olá Fábio. Gostei muito desse podcast. Pois mostra um lado do cinema que é mais difícil de ser visto. Os bastidores de quem está para nas trazer as notícias. É cada coisa que vocês devem passar.
    Gostei muito também das musicas, principalmente a do Monthy Python, essa musica é legal demais. Não consigo ouvir sem assoviar junto.
    Parabéns pelo ótimo trabalho. Um abraço e até o próximo.

    1. @ Samuel
      Monthy Phyton é do grande C! =D hehehe
      Acho que contar os bastidores ajuda a entender melhor o resultado final. Nem por quebrar a magia, mas sim para sacarmos que há muito mais por trás de um filme do que a filmagem em si. =D Valeu pela visita!

      abs,
      Fábio

  5. Barretão… eu acho que sei o que tá pegando com o Rogen: emagrecer.

    Cara, por ser alguém que tá sempre passando por isso, eu te digo: emagrecer é um PÉ. NOS. OVOS. Nego fica tenso MESMO. Aí, qualquer brechinha pra explodir vira um portal transdimensional. =D

    No mais, totalmente excelente, como lhe é pertinente. Aquele abraço, Gigante Barreto!

  6. Caramba…

    Já vinha acompanhando sua participação no RapaduraCast, depois a super agradável entrevista no PodCumê e então vim ouvir todos os episódios do SOSCast e que surpresa agradável!

    E com este programa foi sacramentado: alguém que fala de Hollywood com clareza, realismo e visão crítica.

    Estava cansado de ouvir gente falando de Hollywood como um celeiro de celebridades e apenas isto. Agora alguém que fala de Hollywood como eu sempre quis conhecer a central financeira do cinema mundial.
    Parabens pelo programa!

    Sobre o assunto deste episódio: atores cansando de quê exatamente? Fiquei curioso quando citou que os atores estão começando a se cansarem… mas de quê? De serem celebridades? Das coberturas à la “Caras” por grande parte da imprensa?
    Censura: hehehe… se isto fosse uma piada, eu riria… e é, não!?
    E a música do Monty foi um presente para nós. Sem dúvidas.

    Continue assim, meu caro! Tô contigo!!

  7. Pingback: SOS Hollywood

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *