[Crítica Convidada] Agente 86

anne1.jpg

Pela primeira vez na curta história do SOS Hollywood, um texto convidado. Embora a Warner não esteja merecendo muito, o trabalho não pode ser influenciado. Com vocês, Wagner Brito (OIWÁ!). Ele até que escreve bem! hehehe

Está cada vez mais difícil encontrar filmes de comédia que realmente divertem sem ofender o espectador. Agente 86 é uma dessas gratas surpresas, e pode ser considerada uma das melhores comédias de 2008. Sério.

Agente 86 (Get Smart) é a adaptação cinematográfica do famoso seriado televisivo criado por Mel Brooks e Buck Henry, lá na década de 1960. Quem já conhece outras obras de Mel Brooks, já sabe qual o estilo da comédia: situações engraçadas e frases engraçadas. E o diretor Peter Segal conseguiu, com louvor, fazer com que o filme fosse engraçado e fiel a serie, sem perder a mão para as novidades tecnológicas.

O filme é um prelúdio. Conta a história de Maxwell Smart (Steve Carell), um analista sênior da CONTROLE, que foi promovido à agente de campo, após 7 anos de treinamento e dedicação. Steve Carell dá um show de interpretação. É incrível como ele consegue ser engraçado até quando está sério. Praticamente um Leslie Nielsen nos seus melhores dias. Ele conseguiu fazer um Maxwell Smart que irá agradar todos os fãs da série.

Outros atores estão excelente em seus papeis. Allan Arkin como chefe da CONTROLE, Terry Crews e David Koechner como Agente 91 e Larabee, respectivamente. Dwayne “The Rock” Johnson é o Agente 23. É impressão minha ou The Rock se cansou dos filmes de ação e agora quer tentar novas vertentes? Se for isso, ele acertou neste filme. Agora, temos que fazer uma observação para a seguinte dupla: Bruce (Mais Oka) e Lloyd (Nate Torrence). Os dois são os inventores de tecnologia da CONTROLE e a participação deles é engraçadíssima. Há boatos que essa dupla funcionou tão bem que terá um filme focado neles. Sensacional.

Um parágrafo em especial para Anna Hathaway. Ela faz a Agente 99. Ao contrario da série, seus papel é mais ativo, salvando a pele de Smart várias vezes. E como ela está linda nesse filme. Anna resolveu sair do estilo filmes-bonitinhos-e-bobinhos-para-adolescentes para virar uma atriz, de verdade. E continua linda, graças a Deus

Novamente, a CONTROLE tem que impedir que a KAOS mate o presidente dos EUA e destrua o mundo. A KAOS é uma organização criminosa controlada por Siegfried, que é o papel de Terence Stamp. Caso sua memória não ajude a lembrar quem é esse ator, eu te ajudo: sabe o General Zod, de Superman II? Pois então, é ele. O assistente do Siegfried é o ator Ken Davitian (o gordão amigo do Borat). O local que a KAOS vai tentar começar a destruição mundial é em Los Angeles. Que, por coincidência, é onde o presidente dos EU e A está.

Agente 86 é um filme que possui vários méritos. O principal é que ele consegue honrar a série. A segunda é que você percebe que todos se divertiram bastante durantes as filmagens. Se você tem dúvidas quanto a isso, pode conferir a entrevista com os atores aqui no SOS Hollywood. E essa diversão é transmitida a quem estiver assistindo. Pode parecer clichê, mas Agente 86 é um filme que vai fazer você rir do começo ao fim.

Sobre 

Fábio M. Barreto roteirista e diretor de cinema e TV. Baseado em Los Angeles, nos Estados Unidos, atuou como criador de conteúdo multimídia, mentor literário e é escritor premiado e com vários bestsellers na Amazon.com.br. Criador do podcast "Gente Que Escreve" e dos cursos "Escreva Sua História" e "C.O.N.T.E. - Curso Online de Técnicas para Escritores".

    Saiba mais sobre mim:
  • facebook
  • googleplus
  • linkedin
  • twitter
  • youtube

4 thoughts on “[Crítica Convidada] Agente 86

  1. Boa Critica essa do Wagner. Boa atitude do Barretão de convidar outra pessoa para escrever de vez em quando. Agora ele também pode escrever em outros sites (Alguma Coisa?) heheeheh.

    E ” Embora a Warner não esteja merecendo muito… “, A Warner nunca faz por merecer! Já disse isso e vou repetir até ser ouvido! A Warner nunca fez por merecer!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *