[Entrevista] Ridley Scott e Jensen Ackles

Edição de maio da revista Sci-Fi News (ed. 146) dedica sua capa ao filme Robin Hood, de Ridley Scott, incluindo uma entrevista aprofundada e exclusiva com o diretor. A conversa nos levou às raízes do projeto do novo filme, passando pela relação de Scott com Ridley Scott e até mesmo ao Oscar que ele “perdeu” por causa de Falcão Negro em Perigo.

Leia um trecho:

Quando Gladiador foi lançado, inspirou vários filmes com gladiadores.
Você não via um filme de gladiadores há trinta anos até resolvermos fazer o nosso. (risos)

O que este filme tem de novo com relação às várias produções sobre Robin Hood já feitas?
Tudo o que fiz em Gladiador foi fazer daquela história real. Todos os filmes anteriores exploravam o tema de maneira hollywoodiana demais. Mesmo Stanley (Kubrick) exagerou em Spartacus. Não conseguia acreditar em Spartacus. Ao tornar a história real, aproximo o público da verdade – afinal, realidade é verdade, e de repente temos este personagem fictício entrando na realidade.

Então você escolheu Russell Crowe pra o papel porque ele é um “homem real”, capaz de trazer essa verdade ao personagem?
Este é um dos melhores motivos. Se posso ter Russell Crowe no filme, por que não tê-lo?

JÁ NAS BANCAS!

A outra entrevista de destaque da edição é Jensen Ackles[bb], ou melhor, Dean Winchester astro da série Supernatural. Longe das piadas da série e sujeito de idéias elaboradas, Ackles surpreende ao falar sobre direção, religão e sua relação com o lado negro da atuação. A conversa foi altamente elogiada por fãs da série e, realmente, é uma das mais complexas que já fiz. Muitas surpresas, muito aprendizado enquanto conversava com Ackles.

Leia um trecho:

Sendo um sujeito tão focado, e jovem, é surpreendente te ver falando em direção de forma tão séria e decidida. Especialmente numa época em que praticamente a maioria dos “astros jovens” vive nas revistas de fofoca. Nunca o vemos lá. Isso é uma coisa muito boa, não?

É bom demais! Justamente por não ser o tipo de atenção que eu quero. E facilita por filmarmos em Vancouver, ou seja, fico distante dessa loucura de Hollywood. Mas mesmo que estivesse por perto, filmamos entre 12 e 14 horas todos os dias. Não temos tempo para ficar de bobeira e pensar em fazer besteiras como arrancar minha camisa e sair correndo pelas ruas do centro de Los Angeles (risos).

Suas fãs iriam ao delírio!
(gargalhadas) Preciso lembrar que tenho 32 anos de idade e não sou um moleque estúpido. Quero transformar isso numa carreira e levo tudo muito a sério; respeito meu trabalho. Isso não significa que minha vida seja chata, longe disso, me divirto bastante. Posso curtir como todo mundo, mas sei que transformar isso no meu dia a dia seria o mesmo que me sabotar. Essa carreira é frágil. Muita gente boa que fez muito sucesso sumiu simplesmente pela falta de oportunidade, então ficar focado é fundamental. Não quero acabar como Corey Haim. É trágico, mas também é uma lição válida e dura para qualquer ator jovem.

Sobre 

Fábio M. Barreto roteirista e diretor de cinema e TV. Baseado em Los Angeles, nos Estados Unidos, atuou como criador de conteúdo multimídia, mentor literário e é escritor premiado e com vários bestsellers na Amazon.com.br. Criador do podcast "Gente Que Escreve" e dos cursos "Escreva Sua História" e "C.O.N.T.E. - Curso Online de Técnicas para Escritores".

    Saiba mais sobre mim:
  • facebook
  • googleplus
  • linkedin
  • twitter
  • youtube

11 thoughts on “[Entrevista] Ridley Scott e Jensen Ackles

  1. Gendocéu…eu quero ler essa matéria do jensen…quando eu falo que esse homi é perfeito…hauahua… alémd e lindo é super cabeça, concentrado… dificilmente no caso dos atores ser lindo, inteligente, concentrado e bom ator, tudo ao mesmo tempo é qse impossível.

    Parece ótima entrevista…vou procurar a revista por aqui!!

    =)

  2. Olaa.. nao quero abusar.. mas será que é possivel me mandarem a entrevista do Jensen Ackles??? é que.. nao consigo encontrar a revista por lado nenhum.. e tou meio que desesperada a procuraa.. eheh
    pleasee.. responda.me pro mail : sofiaackless2@hotmail.com
    obrigadaaooo!!! 😀

  3. Riddley Scot sempre adota essa abordagem realista em seus filmes, e não sei por que esse alvoroço em Robin Hood chamando de uma “nova versão”, pra mim é mesma lenda de sempre, feita sobre o estilo do diretor, nada mais e acho que vender o filme como uma nova versão acabou dando expectativa errada para as pessoas, e sabemos o quanto isso pode ser prejudicial.

    O que mais esptanta sobre o posicionamento do Ackles em relação a fama e Hollywood é saber que a cada 30 atores jovens que surgem por aí, 15 se mantem “por aí” e desses 15, 5 pensam como ele.

  4. Entrevistar o Jensen Ackles deve ter sido demais! Supernatural Rocks! Parabens pela entrevista. Ah, vc nao tirou foto com ele? Se sim, posta ela ai. Abr..

  5. Depois de ler esta prévia aqui, fui atrás da SCI-FI News para conferir as matérias. Parabéns Barreto pela ótima entrevista com Jensen Ackles, eu imagino que uma entrevista só se torna boa quando o entrevistado além de estar disposto a responder, se mostra interessado e a vontade para desenvolver as respostas. Ficou claro que foi isso que aconteceu.
    Jensen mostrou sua inteligência, maturidade, interesse pela arte que desempenha e que está se esforçando para fazer sempre o melhor.
    Preciso parabenizá-lo também pela maravilhosa reportagem “Herói Maior que a Lenda” e pela entrevista com Ridley Scott. É muito bom poder ter acesso a um material de tão alta qualidade, proporcionando informação e entretenimento.
    Só mais uma coisinha, adorei a entrevista com Jay Baruchel, ficou divertida. Ele parece ser uma figura!

  6. Vejo um futuro brilhante para Jensen Ackles, o talento lhe é natural, somado a isso dedidacação e disciplina e aí está a melhor receita de sucesso.
    E impossível não comentar da beleza estonteante desse moço 😉

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *