[Supernatural] Misha Collins comenta o Apocalipse

Enquanto preparo uma super matéria que será publicada na Sci-Fi News, no mês que vem, vou publicar alguns momentos das conversas com Jensen Ackles, Misha Collins e Jim Beaver. Comecemos pelo Anjo mais inusitado da paróquia: Castiel, interpretado por Misha Collins!

!SPOILERS!
!SPOILERS!
!SPOILERS!
!SPOILERS!
!SPOILERS!
!SPOILERS!
!SPOILERS!
!SPOILERS!
!SPOILERS!

Depois de apanhar, começar a perder seus poderes e, recentemente, ver sua fé em Deus desaparecer, depois que o criador anunciou não dar a mínima para o Apocalipse, Castiel vai se tornando humano e isso o transforma num personagem altamente curioso e ideal para um ator trabalhar, afinal, são tantas emoções mescladas, tantos pontos de vista e uma perspectiva única no modo de encarar toda a lambança celestial em Supernatural. Pessoalmente, cada um dos atores precisa lidar de uma maneira diferente com a proposta da quinta temporada.

“O ideal é não ligar muito para o contexto religioso, afinal, a série está abordando muita coisa e encarar tudo aquilo como crítica real é um erro. Porém, algumas vezes precisamos parar e pensar nas possíveis repercussões do que estamos fazendo”, comenta Misha Collins, com exclusividade ao SOS Hollywood. Castiel se tornou um aliado permanente depois que os Anjos entraram em foco em Supernatural. “Há um episódio [The Hammer of the Gods] em que acontece uma reunião de deuses pagãos [e indianos], aí Lúcifer aparece por lá e mata todos eles. Fiquei me perguntando: é certo exterminar os deuses das outras religiões? Criar um conflito entre elementos de uma mesma crença faz sentido, mas não sei até que ponto cruzar essa barreira é benéfica. Seja qual for a resposta do público, é sempre arriscado mexer com isso”.

Mais sobre Supernatural em breve e a entrevista de Jensen Ackles na Sci-Fi News de maio! Aguarde!

por Fábio M. Barreto, de Los Angeles. Exclusivo!

Sobre 

Fábio M. Barreto roteirista e diretor de cinema e TV. Baseado em Los Angeles, nos Estados Unidos, atuou como criador de conteúdo multimídia, mentor literário e é escritor premiado e com vários bestsellers na Amazon.com.br. Criador do podcast "Gente Que Escreve" e dos cursos "Escreva Sua História" e "C.O.N.T.E. - Curso Online de Técnicas para Escritores".

    Saiba mais sobre mim:
  • facebook
  • googleplus
  • linkedin
  • twitter
  • youtube

7 thoughts on “[Supernatural] Misha Collins comenta o Apocalipse

  1. Esse ator tem mandado muito bem em Supernatural… no episódio em que aparece o humano que serve de hospedeiro a Castiel, deu pra ver o cara fazendo algo bem diferente do habitual, o que prova sua capacidade e versatilidade.

    E a temporada caminhando pro fim, curiosidade a ansiedade no máximo!

  2. Gosto muito de Supernatural e já estou ansiosa pelas próximas matérias. Misha Collins faz um belo trabalho e no episódio citado pelo Jackson, ele mostra não só a diferença entre Castiel e seu hospedeiro, mas também toda a intensidade da decisão que ele tem que tomar.
    Que venham mais entrevistas!

  3. Ele foi um grande acrescimo à série e concordo com o que ele disse em relação ao “conflito entre religiões”, mas é só um show e não é pra ser levado a ferro e fogo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *