Robotech vem aí!

robotech-movie.JPG

O veterano Lawrence Kasdan deve assinar nessa semana o contrato para escrever o roteiro da adaptação de Robotech para as telonas. O desenho japonês que fez sucesso no começo dos anos 80 ao conta a história do desenvolvimento de naves meio-caças/meio-robôs e a luta contra tentativas de invasões alienígenas ganhou muitos fãs e até continuação em quadrinhos, que foi publicada no Brasil há uns dois anos. Se depender de roteiro o filme promete, já que Kasdan escreveu obras-primas como Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida. Tobey Maguire está envolvido na história.

Sobre 

Fábio M. Barreto roteirista e diretor de cinema e TV. Baseado em Los Angeles, nos Estados Unidos, atuou como criador de conteúdo multimídia, mentor literário e é escritor premiado e com vários bestsellers na Amazon.com.br. Criador do podcast "Gente Que Escreve" e dos cursos "Escreva Sua História" e "C.O.N.T.E. - Curso Online de Técnicas para Escritores".

    Saiba mais sobre mim:
  • facebook
  • googleplus
  • linkedin
  • twitter
  • youtube

12 thoughts on “Robotech vem aí!

  1. Eu tenho um pouco de receio que essas adaptações de animes/mangas, como Robotech e Dragon Ball se tornem o que as adaptações de quadrinhos se tornaram.

    Tem muitos animes com histórias excelentes e que se caíssem em Hollywood seriam tratadas com descaso.

    Caso essas adaptações virarem moda, só rezo pra que as histórias caiam nas mãos de gente capacitada.

  2. Dae Barretão… Cara, sou meio pé atrás com adaptações de animes para filme, já foi dificil ver adaptações de RPGs que foram alguns fiascos, mas… acho que Robotech vai poder dar uma mudada nessa condição. O Dragon Ball ainda me dá arrepios, mas acho que fazer combate espacial é mais facil para Hollywood do que fazer o Goku voar e soltar bolas gigantescas de energia e ainda parecer real.

    E o Oda ta certo, esperamos que os roteristas e diretores possam fazer um material para o filme digno do mangá/Anime, vamos esperar para ver o resultado de Robotech, eu to animado. =D

    PS: Tava pensando em quanto legal seria um filme do ONE PIECE, principalmente depois do que vimos em Piratas do Caribe – No Fim do Mundo, será que algum dia vira realidade?

  3. Apesar de não gostar desse estilo de animações, eu conheço muita gente que gosta. E o receio de todos é como vocês disseram, de alguem que não entende nada do assunto fazer o filme. E na maioria das Hqs adaptadas para o cinema, pelo menos recentemente, começaram a ter respeito comm as obras originais.

  4. Se ficar bom, é mais um motivo pra xingar o GL por não ter chamado o Kasdan pra escrever a nova trilogia hehehe (não tem jeito, meu assunto recorrente é Guerra nas Estrelas!)

  5. Ah, nunca gostei de história made in Japan não, mas acho que era pelo trato meio ridiculo que eles davam, porque parece mesmo ser uma história legal, espero que dê certo!

  6. Animes são como os jogos(só que os jogos a partir de agora estão tendo mais respeito), tem histórias incriveis mas não são levados a sério. Se pegassem essas histórias e transformassem em uma superproduções aí sim teriamos filmes espetaculares. Pega Death Note e leva a sério pra ver…

  7. Bom, Macross (Robotech) é um dos melhores desenhos de todos os tempos, terminei de assistir a algum tempo atrás, consegue ser melhor que Yamato (Patrulha Estelar). A montagem americana nunca assisti, mas dizem ter diferenças na edição. Bom, se a base é a mesma tem tudo para ser um grande filme apesar de que para representar toda a riqueza da história da série, um filme só não basta. Avante Ichijo Ikaru.

    ps.: Quem não gosta de desenho japonês é um tremendo Silas Vacilão panguanês! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *