[OSCAR] Meus Votos

Hoje é noite de Oscar e aí vão meus votos, não necessariamente quem eu acho que vai ganhar. 🙂

Melhor Filme
* Avatar
Ganha pela relevância da indústria, por suas conquistas, pela revolução técnica e também por ter me feito voltar ao cinema três vezes. Filme mais importante do ano, incontestável.

Melhor Diretor

* Kathryn Bigelow – Guerra ao Terror (The Hurt Locker)
Retomou a temática social e pessoal nos filmes de guerra com competência, deixou todo mundo de queixo caído com um filme intenso, intepretações acertadas e um drama fora do comum. Cameron não merece pela direção, logo, premiá-lo nessa categoria seria um erro.

Melhor Ator

* Jeff Bridges – Coração Louco (Crazy Heart)
Pela carreira e pela interpretação sensacional, que mistura atuação e musicalidade. Tive a impressão de que ele merecia desde a primeira cena. Bad Blake é daqueles personagens fundamentais daqui para a frente. É preciso conhecê-lo.

Melhor Ator Coadjuvante

* Christoph Waltz – Bastardos Inglórios (Inglorious Basterds)
Uma das maiores barbadas da noite. Se ele não subir ao palco e disser “That’s a Bingo!” vai ser frustrante! rs. Nunca um militar nazista foi tão idolatrado. É o vilão impossível de ser odiado. Incontestável.

Melhor Atriz

* Sandra Bullock – Um Sonho Possível (The Blind Side)
Vou apostar na zebra! Personagem não impressional tanto, mas a padeira mais famosa do mundo (sabiam que ela é dona de uma padaria de dar água na boca?) pode surpreender. Nem tanto pela vitória no Globo de Ouro, mas o Oscar premia algumas zebras. Pode ser o caso.

Melhor Atriz Coadjuvante

* Mo’Nique – Preciosa – Uma História de Esperança (Precious)
O voto sincero é da Vera Farmiga por Amor Sem Escalas, mas não dá para ignorar o que a comediante Mo’Nique fez nesse filme. Pegou todo mundo de calças curtas, ficou irreconhecível e me afetou.

Melhor Roteiro Adaptado

* Preciosa – Uma História de Esperança (em cartaz)
Acho complicado analisar essa categoria sem ter lido o material original. Mas, como Hollywood caiu de amores por Preciosa, acredito que ele leve a estatueta.

Melhor Roteiro Original

* Bastardos Inglórios (Inglorious Basterds)
É a única categoria na qual Quentin Tarantino tem chance. Não vejo tanta coisa magnífica no roteiro de Guerra ao Terror e, inegavelmente, quem surpreendeu foi o Taranta com sua ficção alternativa tresloucada e anárquica. Bongiorno!

Melhor Animação Longa-Metragem

* Coraline e o Mundo Secreto (Coraline)
Reassisti Up – Altas Aventuras, desta vez dublado por conta do primoroso trabalho do Chico Anysio e do Nizo Netto, seu filho, assim como revi Coraline, de Neil Gaiman e Henry Sellick. Não preciso pensar duas vezes, Coraline é mais cuidadoso, tem história mais próxima do meu gosto e causou aquela sensação de novidade. Up me fez chorar, mas, tecnicamente, gostei mais do stop-motion do Sellick.

Melhor Fotografia

* Guerra ao Terror

Melhor Figurino

* The Young Victoria
O filme é apaixonante e a recriação de época é impecável. A beleza de Emily Blunt ajuda a valorizar o figurino, mas, de qualquer maneira, trabalho muito detalhado e autêntico.

Melhor Montagem

* Avatar (idem)
Sem muito o que comentar. Redondinho, como se tivesse sido feito à mão.

Melhor Trilha Sonora Original

* Up – Altas Aventuras (Up)
Tocante, discreta e agradável. Impressionou mais que a concorrência.

Melhor Canção Original

* “The Weary Kind” – Coração Louco (Crazy Heart)
A dupla perfeita para consagrar Jeff Bridges, que merece tanto pela interpretação quanto pela execução desse country intenso, auto-analítico e capaz de ficar na memória por muitos anos.

Melhor Edição de Som

* Avatar (idem)

Melhor Mixagem de Som

Ok, ok, vai dar Avatar. Mas Star Trek leva o meu voto nessa categoria. J.J. Abrams fez um ótimo trabalho e merece!

Melhores Efeitos Especiais

* Avatar (idem)
Ainda tenho dúvidas sobre como classificar os elementos de Avatar. Quando um filme todo é efeito especial, como fica? É uma fotografia diferente ou uma junção de efeitos? Acho inevitável. E, nessa categoria, é o Domínio da Ficção Científica! 😀

Melhor Maquiagem

* The Young Victoria
Normalmente os filmes de época levam aqui. Star Trek não impressiona tante acho que o Nero joga contra o time. Tudo bem que Eric Bana ficou irreconhecível, mas não achei digno de Oscar.

Sobre 

Fábio M. Barreto roteirista e diretor de cinema e TV. Baseado em Los Angeles, nos Estados Unidos, atuou como criador de conteúdo multimídia, mentor literário e é escritor premiado e com vários bestsellers na Amazon.com.br. Criador do podcast "Gente Que Escreve" e dos cursos "Escreva Sua História" e "C.O.N.T.E. - Curso Online de Técnicas para Escritores".

    Saiba mais sobre mim:
  • facebook
  • googleplus
  • linkedin
  • twitter
  • youtube

2 thoughts on “[OSCAR] Meus Votos

  1. Eu concordo com todas a suas escolhas, mas acho que Guerra ao Terror ganha melhor filme, por ser um filme independente e blockbuster não ter vez no OSCAR, mas posso estar enganado pois esse ano são 10 filmes por causa dos blockbusters e JC como melhor diretor, o Oscar tenta sempre corrigir uma injustiça e no caso é o de nenhuma diretora ter ganho o melhor filme, como Sofia Coppola.
    Quanto a Atriz, gostaria que Merryl Strip Ganhasse, mas Sandra Bullock arrasou em Blind Side

    Mas posso ter falado um monte de bobagem heheheh, enfim, vamos assistir e ver o que acontece.

    PS: Rede Globo from Hell não tenho TV a cabo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *