Encontro Explosivo: Clipes Exclusivos

Não há muita surpresa em Hollywood ultimamente. Isso é fato. Vivemos sempre dentro dos ciclos, das modas. Esse momento não é diferente, mas algumas surpresas fora de hora são bem-vindas. Parece ser o caso de Encontro Explosivo (Knight and Day), com Tom Cruise e Cameron Diaz. Muito mais que a presença do super-astro, Cameron Diaz faz mais diferença nessa equação. Quando Clive Owen e Julia Roberts encararam Duplicity, o filme ganhou em drama, mas não se atreveu muito no humor, que é fundamental para esse tipo de parceria funcionar bem. E Diaz sabe fazer isso muito bem, especialmente se ao lado de um Tom Cruise inspirado e, controladamente, alucinado.

Até hoje me lembro da primeira vez que vi Cameron Diaz, em O Máscara. Não lembro bem do papel, vou ser honesto. O que marcou foi o conjunto visual: rosto lindo e corpo de fazer inveja. E não é que a “gostosona” do filme deu certo? Nem tão Mary, nem tão Pantera. Diaz está no meio termo. Tive o prazer de conhecê-la pessoalmente e tivemos uma ótima conversa sobre cinema, experiências e – pasme – beleza. Estava também fazendo uma matéria para a revista Corpo a Corpo, então não teve jeito. Mas foi muito divertido, à época do lançamento de My Sister’s Keeper, filme que ainda me faz chorar toda vez que vejo um trecho na TV.

Sem ser brilhante ou ter momentos imortalizados, Cameron faz aquela mistura legal entre loura burra e, conforme a idade chegou, mulher digna de admiração. Ela tem naturalidade para bobeira, ação e, de vez em quando, arrisca um drama atípico da linha Quero Ser John Malkovich ou o já mencionado My Sister’s Keeper. E por isso considero a escolha certa por Tom Cruise, que não tem mais o direito de errar. A imprensa não vai permitir. O público não liga muito para isso, mas a egocêntrica e ressentida entidade que cobre o mundo do cinema o julgou e condenou por suas escolhas religiosas. Os tablóides o perseguem dizendo que Katie Holmes é prisioneira; seu surto na Oprah ajudou, claro; mas é fato que se fala mais do aspecto negativo do que das realizações do atual cabeça da United Arts. Operação Valquíria é um baita filme, mas não escapou de problemas.

Sabendo disso, ele não erra com Encontro Explosivo especialmente pela escolha de Diaz e pelo tom do filme. Cruise pode dar uma de maluco, atirar nas pessoas e fazer o diabo, mas sem, necessariamente, ser um descontrolado. Aliás, controle tem sido a palavra-chave nos últimos anos de sua carreira. Quando consegue se controlar e direcionar sua energia, ninguém segura o poder estelar de Cruise.

Encontro Explosivo estréia na próxima sexta-feira, dia 16, então aproveite para ver dois vídeos exclusivos do SOS Hollywood! Vale a pena! (se quiser, clique com o Botão Direito do mouse e selecione Full Screen. :p)

[display_podcast]

Sobre 

Fábio M. Barreto roteirista e diretor de cinema e TV. Baseado em Los Angeles, nos Estados Unidos, atuou como criador de conteúdo multimídia, mentor literário e é escritor premiado e com vários bestsellers na Amazon.com.br. Criador do podcast "Gente Que Escreve" e dos cursos "Escreva Sua História" e "C.O.N.T.E. - Curso Online de Técnicas para Escritores".

    Saiba mais sobre mim:
  • facebook
  • googleplus
  • linkedin
  • twitter
  • youtube

4 thoughts on “Encontro Explosivo: Clipes Exclusivos

  1. Pingback: SOS Hollywood
  2. Assisti na pre-estreia essa semana..achei muito divertido! E não é entediante pq tem muita ação..não é uma comédia romântica qualquer. Muita ação, muito humor e um pouco de romantismo 🙂

  3. Pingback: SOS Hollywood
  4. Pingback: SOS Hollywood

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *