[Exclusivo] Snyder explica “Xerxes” e Santoro pode retornar!

Zack Snyder conta como vai ser o visual de Xerxes e como está o trabalho ao lado de Frank Miller!

por Fábio M. Barreto, de Los Angeles

Lembra quando o SOS Hollywood anunciou exclusivamente no mundo todo [risada malévola mode on] que uma continuação de 300 seria feita? Pois bem, hoje já se sabe muito mais sobre o projeto. Ano passado, Frank Miller me disse que estava começando a rascunhar e que a graphic novel ficaria pronta antes do filme e “tudo a seu tempo”, ou seja, sem correr. Fez bem. Gosto muito de 300 em seus dois formatos e, por se tratar de continuação, todo cuidado é pouco. No início dessa semana, tive a oportunidade de conversar com Zack Snyder, que lança hoje A Lenda dos Guardiões, e ele comentou alguns detalhes do processo de trabalho envolvido em Xerxes, título do novo filme, que não é nem prévia nem seqüência, mas sim uma obra historicamente contemporânea à Batalha das Termópilas, mas, dessa vez, numa batalha marítima travada entre as frotas de Atenas e da Pérsia. “Estou bastante ocupado trabalhando num projeto de ficção científica e também lidando com Frank [Miller]; ele me manda algumas páginas e já estou bolando um roteiro”, comentou com exclusividade. “Não estamos escrevendo juntos, mas ele está trabalhando na graphic novel e me manda algumas páginas. Kurt [Johnstad] e eu estamos escrevendo o roteiro, então usamos o material do Frank para já ir imaginando o filme”.

Com todo esse trabalho, o diretor nega qualquer envolvimento com a DC, ou seja, aparentemente, a lista de Christopher Nolan para os 5 eventuais diretores do novo filme do Super-Homem [Tony Scott, Matt Reeves, Jonathan Liebesman, Duncan Jones e Snyder] deve ter sido tão surpreendente para ele quanto para o resto do público: “não estou envolvido com nada da DC, por enquanto. Para ser sincero, não conversamos sobre nenhuma parceria e meu tempo anda muito escasso”.

[Atualização: Snyder escondeu bem o jogo, pois, em 4 de outubro, foi CONFIRMADO como o diretor do Superman]

Uma das informações mais interessantes sobre Xerxes diz respeito a sua assinatura visual que, assim como 300, vai ser bastante forte e, de acordo com Snyder, seguirá o mesmo estilo gráfico. E também uma esperança para o persa mais brasileiro de todos, Rodrigo Santoro. Perguntei a Snyder se ele manteria tanto estilo quanto o deus-rei, vivido pelo brasileiro. “Vamos manter aquela cara, 100% de certeza (risos). Especialmente por ser o modo como Frank está desenhando o livro. Então, vamos manter tudo como está”, conta, sorrindo quando insisti sobre Santoro. “O mais legal é a batalha do ápice do filme, quando a frota de Atenas enfrenta as forças de Xerxes no combate épico. Vamos ver um monte de triremes batendo umas nas outras, quebrando, pegando fogo, cavalos correndo pelos decks dos navios e lutando conta a nave ao lado, ou seja, a pancadaria vai rolar em movimento, tanto dos soldados quanto dos cenários. É doido!”

Ou seja, se vai manter tudo 100% em termos visuais, as chances de que Santoro ganhe seu primeiro blockbuster como ator principal aumentam gigantescamente. E o fato de não ter negado, já é um bom presságio!

In Snyder I Trust! E você?

[ad#snyder-01]

Sobre 

Fábio M. Barreto roteirista e diretor de cinema e TV. Baseado em Los Angeles, nos Estados Unidos, atuou como criador de conteúdo multimídia, mentor literário e é escritor premiado e com vários bestsellers na Amazon.com.br. Criador do podcast "Gente Que Escreve" e dos cursos "Escreva Sua História" e "C.O.N.T.E. - Curso Online de Técnicas para Escritores".

    Saiba mais sobre mim:
  • facebook
  • googleplus
  • linkedin
  • twitter
  • youtube

8 comentários sobre “[Exclusivo] Snyder explica “Xerxes” e Santoro pode retornar!

  1. 300 é um dos meus filmes favoritos e espero sim que ele escolha o Santoro para reviver Xerxes.
    O lance é que o Santoro merece. Ele é bom ator e deveria se destacar ainda mais fora do Brasil.
    Assim como admiro Alice Braga (ela é demais) também admiro o Santoro! Brasileiros que merecem o prestigio que possuem fora do Brasil!
    E dá-lhe Xerxes! 🙂
    Lu

  2. Chegando agora, lendo tudo e comentando:

    – Muito legal ter pego o Snyder após o boato dos possíveis diretores de Superman.
    – Sobre Xerxes e uma possível sequencia, dois pés atrás: 1) o que poderia sair dessa sequencia escrita por Miller que não escreve nada realmente de alto nível a um bom tempo 2) uma vez escrito, sobre o que falaria essa sequencia? Não vejo o que poderia funcionar da mesma forma que o original funcionou.

    Curioso mesmo estou para Sucker Punch que tem potencial pra ser extremamente divertido ou uma coleção de momentos de visual primoroso com um fiapo de história conduzindo tudo.

      1. Simultânea ? A idéia parece interessante, legal é pensar agora onde ele vai encaixar o Xerxes nessa “zona” toda. Acho Frank Miller f… o cara sabe criar climas e desenvolver seus personagens muito bem. Snyder é um MONSTRO em termos visuais, ele realmente sabe exatamente oq fazer com a câmera e o que mostrar. Fico curioso com Sucker Punch, já que ele vai trabalhar com um texto inédito sem “cobranças” dos fãs xiitas e a perspectiva da eventuais mudanças entre o material original e a visão do diretor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *