[Cinema.com.br] Robert Rodriguez

robertrodriguez

Conversei com o cineasta texano sobre seu estilo, filmagens de Machete e sua decisão de abandonar Barbarela.

Sem maiores pretensões, Robert Rodriguez se tornou um dos maiores cineastas de Hollywood. Responsável, entre outros, pela série Pequenos espiões e a adaptação de Sin City, o texano já fez até dupla com Quentin Tarantino, em Grindhouse. Das animações nas pontas dos cadernos e lançamentos no México, Rodriguez se tornou ícone do cinema independente, angariou — muitos — fundos e agora se lança às produções. Em entrevista ao Cinema.com.br, ele fala sobre o penoso início de carreira, explica os projetos atuais — a desistência de Barbarella e as filmagens de Machete — e sai em defesa do 3D e dos remakes.

Ser diretor era sonho ou aconteceu sem querer?

Robert Rodriguez: Nunca pensei em ser um diretor em Hollywood. Não havia referência de diretores texanos. Ninguém tinha feito isso antes, então não foi um objetivo. Sempre fiz filmes para mim. E pensava ser capaz de viver de modo tranquilo com isso por lá mesmo. Quem sabe ganhar um concurso ou algum tipo de prêmio, mas nunca especulei muito em termos de vir trabalhar em Los Angeles. Desde a quarta série, já fazia algo semelhante a filmes com aqueles desenhos sequenciais na ponta do caderno ou num bloco de notas. Aí usava uma máquina para fotografar cada desenho. Viciei nisso. Quando tinha 12 anos só conseguia pensar nisso.

Continue lendo aqui.

Participe do debate! O que espera sobre o novo Predador?

Sobre 

Fábio M. Barreto roteirista e diretor de cinema e TV. Baseado em Los Angeles, nos Estados Unidos, atuou como criador de conteúdo multimídia, mentor literário e é escritor premiado e com vários bestsellers na Amazon.com.br. Criador do podcast "Gente Que Escreve" e dos cursos "Escreva Sua História" e "C.O.N.T.E. - Curso Online de Técnicas para Escritores".

    Saiba mais sobre mim:
  • facebook
  • googleplus
  • linkedin
  • twitter
  • youtube

4 comentários sobre “[Cinema.com.br] Robert Rodriguez

  1. RR é um cara admirável, pois provou que um ótimo filme pode ser feito com poucos recursos e muita imaginação (EL MARIACHI).
    Adorei um DRINK NO INFERNO (FROM DUSK TILL DAWN) e PROVA FINAL (THE FACULTY), filmes os quais lamento por não conseguir encontrar em DVD.
    Também adorei SIN CITY, mas este eu tenho em DVD!
    Aguardo ansioso para ver PREDATOR by RR, com muito sangue, cores e efeitos especiais.
    Acho que essa é a oportunidade ideal para a volta de SCHWARZENEGGER nas telonas e espero que ele seja contratado como protagonista, seja como o DUTCH original ou talvez um clone (desculpa MARVEL!) do primeiro.
    MACHETE parece ser legal e torço para que RR também adapte o ótimo RED ROCKET SEVEN de MIKE ALLRED para as telonas, se bem que parece que MADMAN será a “bola da vez”.
    Saudações,

  2. E aí Barreto, de volta pro teu site( na verdade nunca abandonei é um pouco de preguiça de comentar mesmo, hehe ). Barretão, curti demais esse tema, vou ler a entrevista agora, mas sobre o Rodriguez ja adianto que sou fã desse cara desde que vi os seus primeiros filmes, El Mariachi e a Balada do Pistoleiro (tenhos os DVDs). Um Drink no Inferno mandei gravar e Planeta Terror acho simplesmente o máximo mesmo. Não canso de assistir. Agora no ítem Predador, pra você ter uma idéia, eu tenho esse filme como o TOP de todos, depois vem o restante. Não sei se foi a tensão no cinema (tinha uns 15 ou 16 anos na época, hoje tenho 37), o monstro alienígena que não tem igual, o Swchuarzza perto do Predador “parecia um amendoim”, nas palavras do Stan Winston, hehehe, a trilha poderosa do Alan Silvestri. É demais, só quem viu no cinema sabe o que foi. Confesso que quando soube que Rodriguez pegou o projeto fiquei mais aflito do que esperançoso. Mas depois que li o Plot da história e vi um pouco mais de suas idéias pro filme voltei a ficar empolgado de verdade e estou torcendo pra ele fazer um puta trabalho com essa série. Eu queria poder dizer pra ele – Vai lá Rodriguez, manda ver!!! hahahaha. É isso aí Barreto, tô torcendo pro cara, acho que vai dar certo SIM! Abração Barreto, e parabéns mais uma vez por essa matérias fantásticas que você nos traz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *